Pudim Mandarim em nuvem


Queridos(as) postiguenses!

Desejo que aproveitem em pleno, o feriado que já não era mas que é novamente! Embora a meteorologia não esteja muito cooperante... Ficar em casa no “choco” também sabe bem. J  
Que tal fazerem um pudim daqueles que passa e passará de geração em geração? Falo do Mandarim aqui e acolá!
A receita que vos sugiro é a da minha sogra, a D. Irene. Um dia destes trarei a minha versão.

Aconselho-vos a experimentar porque fica delecioso!

Ingredientes (10 pessoas):

2 saquetas de pudim “El mandarin”
1 l de leite meio gordo
7 ovos
6 colheres de sopa de açúcar
caramelo líquido (a gosto)

Execução:

Separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo e reservar.

Retirar 250 ml de leite e colocar o restante ao lume.

Juntar às gemas as duas saquetas de pudim e o açúcar. Envolver tudo muito bem. Adicionar os 250 ml de leite pouco a pouco.

Incorporar o preparado anterior no leite que está ao lume. Mexer sempre e deixar levantar fervura durante alguns minutos, até obter uma consistência de creme.

Apagar o lume e envolver, pouco a pouco, as claras batidas em castelo.

Verter o preparado numa forma, previamente caramelizada.

Levar ao frigorífico 6 a 7 horas; desenformar e servir.




Comentários

  1. Que pudim tão apetitoso! :)
    Há muitos anos que não o faço mas quando fui estudar para a universidade fazia imensas vezes o pudim Mandarim, mas a sugestão que vinha no pacote e que levava as claras batidas em castelo, era tão bom. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também costumava fazer a receita do pacote. A diferença é que este leva mais ovos e menos açúcar. Como leva mais claras torna-se mais fofo.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Simples de fazer e tem um aspecto delicioso.
    Vou levar a receita, o meu marido adora pudins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São! Tenho a certeza que vão gostar.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Boa tarde, neste feriado partilhou o ideal para ser saboreado, o belo pudim mandarim está a olhar para mim a sorrir.
    Resto de boa semana,
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António, olá! Gentil como sempre. Obrigada. Continuação de um excelente feriado.
      Beijinho

      CG : )

      Eliminar
  4. Está perfeitíssimo! O pudim Mandarim traz-me tão boas recordações! Quando eu era miúda lá na freguesia, apesar de haver várias mercearias, quase todas tinham o básico, indispensável e vendável! Por isso as minhas vizinhas iam às compras a 25km para terem acesso a coisas que lá não havia! Um dia descobriram este pudim e trouxeram! A vizinhança ficou toda fã e cada vez que elas voltava às compras traziam um carregamento para todos! Bons tempos! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Amiga, é verdade! Como os tempos mudaram... Acho que em certas coisas não era necessário ter andado a esta velocidade. "Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades" mas o Mandarim permanece! :D :D
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Guardei a recita Céu, um dia destes quero experimentar. É diferente do que costumo fazer. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana, depois diz-me se gostaste!
      Beijinho

      Eliminar
    2. Joana, depois diz-me se gostaste!
      Beijinho

      Eliminar
  7. Que lindo pudim Céu, cheia de sorte em ter uma sogra com receitinhas destas!! :D
    Beijinho
    http://asreceitasdamaegalinha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Simples e delicioso...tenho a certeza...por isso levo a sugestão!
    Bj

    ResponderEliminar
  9. Que pudim do céu!! Fazia tempo que não via um pudim destes. Aqui no Brasil qual pudim posso utilizar para substituir o que vc usa.
    Aproveito e fico com você aqui.
    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tânia, olá! Obrigada pela visita. Deixei mensagem no seu Facebook.
      Beijinho

      Eliminar

Enviar um comentário

Obrigada pela sua espreitadela! Sejam sempre bem-vindos...

Mensagens populares deste blogue

Quiche de frango com queijo Quark

Risoto de marisco

Quiche de salmão e delícias do mar