Bolo de bolacha torrada com frutos e pérolas



Queridos(as) postiguenses!

Esta época do ano já é de muita ansiedade devido à minha condição de nómada… Como se não bastasse, acumulei uma permanência na urgência do hospital local, com o meu pai, entre as 18:00 e as 4:15, de quarta-feira para quinta-feira. Nem vou opinar sobre isto porque me alongarei e irei dizer coisas que não interessam a ninguém… Normal o tempo de espera? Desculpem mas não é! Daí advém a minha ausência, no decurso dos últimos dias, aqui pelo Postigo.
A receita do bolo de hoje tinha como finalidade a minha participação no desafio “Dia um… Na cozinha” de setembro e serviu de bolo de aniversário para a minha mãe. Infelizmente, a vida nem sempre corre como queremos ou pelo menos como desejamos…

Fica mais uma sugestão de bolo de bolacha, entre dezenas delas que avistam por aí.

Espreitem... 



Ingredientes (8 pessoas):

2 pacotes de bolacha (tipo Maria) torrada
1 embalagem de mousse de chocolate branco (alsa)
3 colheres de sopa de achocolatado em pó
200 ml de café forte (usei de máquina)
morangos (q.b)
físalis (q.b)
mirtilos (q.b)
framboesas (q.b)
pérolas brancas (Vahiné)

Execução:

Preparar o café e deixar amornar.

Num recipiente profundo de vidro colocar o preparado da mousse, juntamente com o achocolatado. Confecionar mediante as instruções do fornecedor e levar ao frigorífico cerca de 30 minutos.

Embeber as bolachas no café e dispô-las num prato, em forma de flor ou em espiral (fiz em espiral daí a sua irregularidade). Seguidamente, barrá-las com a mousse.

Repetir o processo até acabar as bolachas. Com a mousse restante cobrir o bolo com o auxílio de uma espátula.

Decorar com os frutos e as pérolas brancas.

Levar ao frigorífico, pelo menos duas horas antes de servir.




Gostámos muito, cá por casa. : )




Comentários

  1. Há tanto tempo que não faço a receita ... mas porque me parece diferente levo a sugestão,!
    Sei bem o que passou pois meu pai esteve internado 3 semanas e por causa da comida que tinha de ser passada...era uma comédia diariamente!
    Desejo que seu pai se encontre bem...bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente os susto já passou. Obrigada, Graça!

      Beijinho

      Eliminar
  2. Ficou um bolo de bolacha bem bonito e apetitoso! :)
    As melhoras para o teu pai. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Inês! Graças a Deus já está melhor.

      Beijinho

      Eliminar
  3. looks perfect!

    NEW BLOG ! please follow me : YOUNG BLOG

    ResponderEliminar
  4. Há coisas que não se consegue compreender. Por vezes gostava mesmo que me explicassem porque pura e simplesmente não encaixam. Eu sei que nunca estamos satisfeitos e que por vezes refilamos sem razão, mas no que toca à saúde acho que ainda há muito a ser melhorado. Há excelentes profissionais de saúde (mas também há maus) mas não fazem milagres. Era necessário dar-lhes meios e se calhar aumentar a quantidade de profissionais. Mas se esperaste esse tempo e pelo menos foste bem atendida do mal o menos. É porque há situações em que se espera horas infinitas, é-se mal atendido e ainda se é mandado embora quando por vezes é algo grave. Espero que o teu pai esteja melhor.
    Aqui em casa ninguém recusa bolo de bolacha e então de chocolate desaparece num instante! O teu ficou bem giro! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elisabete! De facto o meu pai até acabou por ser bem atendido porque eu muito refilei... O meu pai entrou na urgência; 65 anos, 40º de febre, diabético, já teve um enfarte e foi operado ao coração em França. Aliás, reformou-se há pouco tempo e achava que o tratamento médico cá era igual ao de lá... Pois posso-te dizer que esperou duas horas para ser visto pelo primeiro médico depois do rastreio. A partir da meia noite, ficaram dois médicos de medicina interna para todo o hospital, uma aberração! Falo do hospital distrital de Castelo Branco.. Dois médicos também não podem fazer milagres, certo? A minha mãe disse-me que cheguei a casa às 5:00; moro a 5 minutos do hospital (a pé); logo ainda demorei mais do que o que referi em cima. É uma pouca vergonha! O médico que tratou do meu pai depois ma meia noite; tinha a sala de tratamento a rebentar pelas costuras e, ainda tinha que acudir aos internamentos e às urgências que iam chegando! Inadmissível. Graças a Deus está melhor e o médico marcou-lhe uma consulta para a próxima sexta-feira (jovem, porque se fosse daqueles que lá andam há anos, estavam-se nas tintas).

      Beijinho

      Eliminar
  5. Eu adorooo bolo de bolacha e este tem um óptimo aspecto.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Essas esperas são sempre do pior que há, a juntar à preocupação por quem está doente junta-se a ansiedade e desconforto do tempo de espera... Espero que tudo tenha corrido pelo melhor e que o teu pai já esteja melhor!
    Nunca fiz bolo de bolacha maria com bolacha torrada, por acaso. Deve ficar muito bom! Lindo ficou de certeza :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Obrigada pela sua espreitadela! Sejam sempre bem-vindos...

Mensagens populares deste blogue

Quiche de frango com queijo Quark

Risoto de marisco

Quiche de salmão e delícias do mar